Caderno Teológico

Blog do Missionário Andrew Comings

Segundo Mito Infernal: O Inferno é o Domínio de Satanás

use-the-force1

Dualismo e "A Força"

A cultura popular transimite a idéia que existem duas forças neste mundo: a força do bem (identificada com Deus) e a força do mal (identificada com Satanás). Estas duas forças se opoem, e as vezes até se complementam. Como cada força tem que ter sua base de operações, a sede de Deus fica no Céu, enquanto Satanás comanda o mal desde o Inferno.

Esta ideia dualistica é muito comum até na Igreja. Perdi a conta das peças e filmes evangélicas que tenho visto onde as pessoas, ao morrerem, foram arrastados pelos demónios até ao Inferno, onde o próprio Satanás administrava a tortura.

Muito chamativo. Muito emocionante. Muito errado.

Vejam Mateus 25:41:

Então dirá também aos que estiverem ã sua esquerda: Apartai- vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos;

E tambem Apocalipse 20:10

…e o Diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados pelos séculos dos séculos.

Notem três verdades evidentes nestas duas passagens.

1. O inferno foi criado por Deus. Veja que Jesus diz em Mateus que o fogo eterno foi criado para o Diabo e sues anjos, não por eles. Vemos que a ideia do inferno partiu da mente de Deus.

2. O inferno é administrado por Deus. Prestem atenção em que diz Apocalipse 20:10, falando do Diabo e seus servos:

…e de dia e de noite serão atormantados pelos séculos dos séculos.

Notem que Satanás não está atormentando, e sim está sendo atormentado.

3. O alvo principal do Inferno é Satanás. Mais uma vez em Mateus 10, nós vemos que, longe de ser o dono do lugar, Satanás é o convidado de (des)honra. Quando Deus criou o Inferno, estava pensando especificamente no Diabo. As pessoas que se rebelam contra Deus, rejeitando o seu Filho, se tornam co-conspiradores com Satanás, e assim irão compartilhar junto com ele o seu castigo eterno.

O mito que o inferno seja o domínio do Diabo, fora o dualismo implícito, tende a menosprezar o seu impacto. Os incrédulos vivem num mundo governado pelos “potestades e principados do ar”, então passar a eternidade sob o mesmo domínio não seria tão diferente. Mas pavoroso é cogitar a possibilidade de passar os séculos dos séculos sob a justa ira de Deus.

Quanto às peças de teatro e filmes evangélicos que cedem a essa visão errada do filme, faço duas perguntas:

1. Será que evangelismo é um motivo legítimo para deixar de lado a sã doutrina?

2. Não seria mas eficáz demonstrar para os incrédulos o terror da ira de Deus, em vez de dar continuidade a uma lenda que não tem bases bíblicas?

O que pensam?

Anúncios

3 Comentários»

  Almir Marcolino Tavares wrote @

Muito oportuna esta palavra. Pois o conceito de que Satanás é o Gerente do inferno, onde ele atua inligindo sofimento nas pessoas é muito comum. Isto mina a soberania de Deus. Ele é SENHOR até do Inferno
http://www.pastoralmir.blogspot.com

  brazilnut72 wrote @

Amem, e obrigado pelo comentário. Posteriormente estaremos tratando do mito que “o Inferno é a ausência de Deus”, que é uma falácia relacionada.

  André wrote @

Oi Andrew, sou evangélico, logo acredito na Bíblia, porém tenho uma dúvida. Já que o inferno existe, não seria melhor já ter jogado o diabo lá para impedir que bilhões de pessoas sejam levadas para o inferno como os muçulmanos e budistas por exemplo?

Abraço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: